Economia Bárbara

Estilo de Vida

Netflix morre na praia do Globo de Ouro

Apesar das 17 indicações nas categorias de cinema e outras tantas por suas séries, na batalha entre os grandes estúdios e as plataformas de streaming, quem saiu perdendo foi a Netflix

Andre Marcondes

Publicado

em

Joaquin Phoenix levou o Globo de Ouro 2020 de melhor ator por seu excepcional desempenho no filme Coringa-Foto: Reprodução

Assim que foram anunciados, em dezembro passado, os indicados aos prêmios da 77ª edição do Globo de Ouro a expectativa era de que a Netflix se consagrasse na noite de domingo (5). Mas a Associação dos Correspondentes Estrangeiros de Hollywood jogou água fria nos planos da gigante do streaming e “Era uma Vez em… Hollywood” (Sony Pictures) foi o grande campeão, com a estatueta de melhor roteiro para Quentin Tarantino, melhor filme de comédia ou musical e melhor ator coadjuvante na categoria para Brad Pitt.

“1917” (Amblin Partners), longa sobre a Primeira Guerra Mundial, derrubou “O Irlândes” (Martin Scorsese), “História de um Casamento” (Noah Baumbach) e “Dois Papas” de Fernando Meirelles e ainda garantiu a Sam Mendes o prêmio de melhor diretor.

“O Irlandês” de Scorsese e seu trio de ouro – Robert de Niro, Al Pacino e Joe Pesci – foi a grande decepção do evento que tinha cinco indicações e saiu de mãos abanando.

Com seis nomeações, o longa de Noah Baumbach – que usa particularidades de sua separação da atriz Jennifer Jason Leigh – deu a Laura Dern a estatueta de melhor atriz coadjuvante.

Um dos prêmios mais esperados da noite foi o de melhor ator de drama, que, como quase todo mundo esperava, ficou com Joaquin Phoenix, pelo seu excepcional desempenho como o arqui-inimigo do Batman no filme “Coringa” (Warner), que também venceu pela trilha sonora.

As atrizes Michelle Williams (“Fosse/Verdon”) e Patricia Arquette (“The Act”) – que citou a tensão entre EUA e Irã – foram bastante aplaudidas por seus discursos.

Willians incentivou mulheres de “18 a 118 anos” que exerçam seu direito de voto. “Os homens vêm fazendo isso há muitos anos, por isso o mundo se parece tanto com eles”, declarou.

No próximo domingo acontece a 25ª edição do Critics Choice Awards e no dia 9 de fevereiro a 92ª cerimônia de entrega do Oscar. Ainda há esperança para a Netflix. Ou não.

Confira a lista dos premiados do Globo de Ouro 2020, em negrito:

Cinema

Melhor filme dramático

O Irlandês (Netflix)
História de um Casamento (Netflix)
1917 (estreia nos cinemas em 20 de janeiro)
Coringa (cinemas)
Dois Papas
 (cinemas e Netflix)

Melhor filme cômico ou musical

Era uma Vez em… Hollywood (locação no Now, Google Play, Looke e iTunes)
Jojo Rabbit (Netflix)
Entre Facas e Segredos (cinemas)
Rocketman (
 locação no Now, Google Play e iTunes)
Meu nome é Dolemite

Melhor diretor

Bong Joon-ho, Parasita
Sam Mendes, 1917
Todd Phillips, Coringa
Martin Scorsese, O Irlandês
Quentin Tarantino, Era uma Vez em… Hollywood

Melhor atriz – Drama

Cynthia Erivo, Harriet
Scarlett Johansson, História de um Casamento
Saoirse Ronan, Adoráveis Mulheres
Charlize Theron, O Escândalo
Renée Zellweger, Judy – Muito Além do Arco-Íris

Melhor ator – Drama

Christian Bale, Ford v Ferrari
Antonio Banderas, Dor e Glória
Adam Driver, História de um Casamento
Joaquin Phoenix, Coringa
Jonathan Pryce, Dois Papas

Melhor atriz – Musical ou Comédia

Awkwafina, The Farewell
Ana de Armas, Entre Facas e Segredos
Cate Blanchett, Cadê Você, Bernadette?
Beanie Feldstein, Fora de Série
Emma Thompson, Late Night

Melhor ator – Musical ou Comédia

Daniel Craig, Entre Facas e Segredos
Roman Griffin Davis, Jojo Rabbit
Leonardo DiCaprio, Era uma Vez em… Hollywood
Taron Egerton, Rocketman
Eddie Murphy, Meu Nome é Dolemite

Melhor atriz coadjuvante

Kathy Bates, O Caso Richard Jewell
Annette Bening, O Relatório
Laura Dern, História de um Casamento
Jennifer Lopez, As Golpistas
Margot Robbie, O Escândalo

Melhor ator coadjuvante 

Tom Hanks, Um Lindo Dia na Vizinhança
Anthony Hopkins, Dois Papas
Al Pacino, O Irlandês
Joe Pesci, O Irlandês
Brad Pitt, Era uma Vez em… Hollywood

Melhor roteiro 

Noah Baumbach, História de um Casamento
Bong Joon-ho e Han Jin-won, Parasita
Anthony McCarten, Dois Papas
Quentin Tarantino, Era uma Vez em… Hollywood
Steven Zaillian, O Irlandês

Melhor filme em língua estrangeira

The Farewell
Dor e Glória
Retrato de uma Jovem em Chamas
Parasita
Les Misérables

Melhor animação

Frozen 2
Como Treinar seu Dragão 3
Link Perdido
Toy Story 4
O Rei Leão

Melhor canção original

Beautiful Ghosts, Cats
(I’m Gonna) Love Me Again, Rocketman
Into the Unknown, Frozen 2
Spirit, O Rei Leão
Stand Up, Harriet

Melhor trilha sonora original para filmes

Daniel Pemberton, Brooklyn – Sem Pai Nem Mãe
Alexandre Desplat, Adoráveis Mulheres
Hildur Guðnadóttir, Coringa
Thomas Newman, 1917
Randy Newman, História de um Casamento

TV

Melhor série dramática

Big Little Lies
The Crown
Killing Eve
The Morning Show
Succession

Melhor série musical ou cômica

Barry
Fleabag
O Método Kominsky
The Marvelous Mrs. Maisel
The Politician

Melhor ator em série musical ou cômica

Michael Douglas, O Método Kominsky
Bill Hader, Barry
Ben Platt, The Politician
Paul Rudd, Cara x Cara
Ramy Youssef, Ramy

Melhor atriz em série musical ou cômica

Christina Applegate, Disque Amiga para Matar
Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel
Kirsten Dunst, On Becoming a God in Central Florida
Natasha Lyonne, Boneca Russa
Phoebe Waller-Bridge, Fleabag

Melhor atriz em série dramática

Jennifer Aniston, The Morning Show
Olivia Colman, The Crown
Jodie Comer, Killing Eve
Nicole Kidman, Big Little Lies
Reese Witherspoon, Big Little Lies

Melhor ator em série dramática

Brian Cox, Succession
Kit Harington, Game of Thrones
Rami Malek, Mr. Robot
Tobias Menzies, The Crown
Billy Porter, Pose

Melhor minissérie ou filme para TV

Catch-22
Chernobyl
Fosse/Verdon
The Loudest Voice
Inacreditável

Melhor ator em minissérie ou filme para TV

Christopher Abbott, Catch-22
Sacha Baron Cohen, O Espião
Russell Crowe, The Loudest Voice
Jared Harris, Chernobyl
Sam Rockwell, Fosse/Verdon

Melhor atriz em minissérie ou filme para TV

Kaitlyn Dever, Inacreditável
Joey King, The Act
Helen Mirren, Catarina, a Grande
Merritt Wever, Inacreditável
Michelle Williams, Fosse/Verdon

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV

Alan Arkin, O Método Kominsky
Kieran Culkin, Succession
Andrew Scott, Fleabag
Stellan Skarsgård, Chernobyl
Henry Winkler, Barry

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV

Patricia Arquette, The Act
Helena Bonham Carter, The Crown
Toni Collette, Inacreditável
Meryl Streep, Big Little Lies
Emily Watson, Chernobyl


Publicidade
Subscreva nossa Newsletter!
Cadastre seu e-mail para receber nossa Newsletter com dicas semanais.
Invalid email address

Mais Lidas