Economia Bárbara

Dicas Bárbaras

Deixou as compras de Natal para a última hora? Veja dicas para não estourar o orçamento

Pesquisar preços antes de sair de casa, fazer lista e ir sozinho comprar os presentes são orientações; para os atrasados de plantão, padarias, farmácias e lojas de conveniência podem ajudar quem se esqueceu do presente e não quer chegar na ceia com as mãos abanando

Bárbara Leite

Publicado

em

Presente bom não precisa de ser caro; pais não devem se endividar para satisfazer o desejo dos filhos–Foto: Pixabay

Se você deixou para fazer as compras de Natal para os 45 do segundo tempo ainda dá para seguir algumas orientações e não estourar o orçamento.

Usar a internet para ajudar na busca de preços é recomendado. A dica é recorrer a sites de comparação de preços, como Zoom e Buscapé, além das páginas das próprias lojas. Reinaldo Domingos, presidente da DSOP Educação Financeira e colunista do Economia Bárbara, recomenda pesquisar em pelo menos três lugares diferentes.

Leia também: 13,2 milhões de brasileiros devem ir às compras de Natal na última hora

Fazer uma lista e definir um valor a ser gasto para cada presente antes de sair de casa é recomendado. Não extrapole o montante. Isso ajudará a evitar compras por impulso. Além disso, não se deve comprar presentes que não caibam no orçamento.

Optar por substituir a tradicional troca de presentes pela realização de um amigo secreto sempre é mais econômico. Se não foi combinado entre a família, use a imaginação e priorize as crianças.

Mas não se deve tomar atitudes extremas, como deixar de pagar contas, para satisfazer o desejo dos filhos. “O exemplo precisa vir de cima. Atitudes como essa colocam a situação financeira da família em risco”, afirma o educador financeiro José Vignoli. Presente bom não precisa ser caro. Para as crianças, o que vale é brincar e elas gostam de volume.

Leia também: Veja 10 dicas para economizar na ceia de Natal

Lembre-se que após o Natal é comum haver liquidações e promoções, especialmente de vestuário. Se puder deixar algo para presentar neste período, vai encontrar preços melhores.

Outra dica é ir às compras sozinho, ou no máximo com alguém que seja mais controlado que você. Se possível pague tudo à vista. Muitas lojas costumam dar desconto nesta modalidade de pagamento.

Pechinchar em qualquer compra é dica eterna.

Leia também: Confira horário dos bancos no Natal e Ano Novo

Para ter mais tempo para encontrar os melhores preços, a dica é começar as compras logo no horário de abertura das lojas. Após o horário de almoço, das 14h30 às 16h, também pode ser boa alternativa.

Como já não dá tempo para o presente chegar em uma compra online, veja se tem cupom ou cashback para usar em lojas físicas mesmo.

O comércio e os shoppings estendem o horário de funcionamento em dezembro, em função das compras de Natal. Na véspera de Natal, dia 24, a maior parte das lojas fecha às 18h.

Compras para os atrasados de plantão

Após os shoppings e as lojas fecharam na véspera de Natal, ainda há alternativa para quem se esqueceu de um presente e não quer chegar na ceia de Natal com as mãos abanando.

Padarias, farmácias, autônomos que vendem cosméticos e lojas de conveniência, podem ser aliados nessa hora.

Panetones, vinhos, kits de beleza e livros são algumas opções que o consumidor pode encontrar nesses locais.

Publicidade
Subscreva nossa Newsletter!
Cadastre seu e-mail para receber nossa Newsletter com dicas semanais.
Invalid email address

Mais Lidas