Economia Bárbara

Seu Bolso

Agenda econômica da semana: veja o que você precisa acompanhar

Fique por dentro dos principais eventos no Brasil e no mundo, que devem mexer com o mercado financeiro entre segunda-feira, 18 de novembro, e sexta-feira, 22 de novembro

Bárbara Leite

Publicado

em

A semana de 18 a 22 de novembro terá, de novo, menos um dia de negociação no mercado financeiro, já que a Bolsa brasileira estará fechada na quarta-feira (20), feriado de Consciência Negra em 1.260 cidades, incluindo São Paulo. Em Brasília, porém, o expediente do Congresso seguirá normalmente. A agenda parlamentar na semana será cheia, com votação da PEC paralela da reforma da Previdência e da PEC da prisão em segunda instância.

Após o fim da temporada de balanços do terceiro trimestre, o mercado voltará a estar atento ao desenrolar das conversas entre EUA e China para a concretização da fase 1 do acordo comercial, e ao Chile, que decidiu realizar um plebiscito para abril de 2020 para mudar a Constituição, após quase um mês de protestos violentos que já deixaram 23 mortos na considerada, a economia mais estável da América do Sul.

Leia também: Instabilidade no Chile deve durar mais dois anos

A semana terá vários membros do Fed (BC dos EUA) discursando e a divulgação da ata da última reunião da autoridade monetária americana.

Saem os PMIs da Alemanha, da Zona do Euro e dos EUA, que retratam como estão os setores industrial e de serviços.

Leia também: Mercado passa a ver alta do PIB de 1% neste ano e próximo a 2,5% em 2020

Sem uma data definida, o Ministério da Economia divulgará os dados do Caged, com a criação de empregos formais de outubro.

Segunda-feira (18)

1. Boletim Focus

O Banco Central (BC) divulga, às 8h25, o Boletim Focus, com as projeções de cerca de cem economistas do mercado financeiro para o dólar, PIB (Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas em um país), taxa básica de juros, a Selic, e a inflação oficial medida pelo IPCA para 2019 e 2020.

Confira as últimas estimativas do Boletim Focus:
  • Selic: 4,50% ao ano (2019) e 4,50% (2020)
  • PIB: 0,92% (2019) e 2,08% (2020)
  • IPCA: 3,31% (2019) e 3,60% (2020)
  • Dólar: R$ 4 (2019) e R$ 4 (2020)

2. Membro do Fed fala

Às 14h, Loretta Mester, a presidente do Fed de Cleveland, um dos membros dos Fed (banco central dos EUA), vai discursar na Universidade de Maryland, e pode dar alguma sinalização sobre trajetória dos juros americanos.

3. Discurso do vice do BCE

Luis de Guindos, vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), vai discursar em Frankfurt, e pode dar alguma indicação sobre o rumo dos juros na Zona do Euro.

Terça-feira (19)

1. IGP-M: 2ª prévia

A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga, às 8h, a segunda prévia do IGP-M, a chamada inflação do aluguel, de novembro. Na primeira leitura, o indicador subiu 0,85%.

2. PEC paralela da reforma da Previdência

A votação das emendas (mudanças) à PEC (Proposta de Emenda à Constituição) paralela da reforma da Previdência, que permite a inclusão de Estados e municípios, está programada no Senado. Além dos destaques, os senadores ainda precisam votar a proposta em segundo turno. A votação das emendas estava prevista para a última terça-feira (12), mas foi adiada pela falta de quórum.

3. Dados econômicos nos EUA

Saem às 10h30, os dados sobre construção de casas novas nos EUA de outubro.

4. Membro do Fed fala

Às 11h, ocorrerá o pronunciamento de John Williams, presidente do Fed de Nova York, que pode dar alguma indicação sobre os próximos passos da política monetária do BC americano.

5. Balança comercial dos Japão

Saem às 20h50, os dados sobre a balança comercial do Japão, que dá uma sinalização sobre o efeito da guerra comercial no país.

Quarta-feira (20)

1. B3 encerrada pelo feriado de Consciência Negra

A Bolsa brasileira vai estar encerrada por conta do Dia da Consciência Negra, feriado em São Paulo e em outros 1.259 municípios do país. Já em Brasília, o expediente será normal.

2. Ata da reunião do Fed

O Fed divulga, às 16h, a ata da última reunião do Fomc (Copom americano), que aconteceu em 30 de outubro, quando o órgão decidiu cortar a taxa de juros em 0,25 ponto percentual. O documento pode dar indicações das intenções da instituição para o futuro. O presidente do Fed, Jerome Powell, já vem sinalizando que o órgão deve dar uma pausa nos cortes nos juros na última reunião do ano, em 11 de dezembro.

3. Índice de confiança do empresário industrial

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga, às 10h, o índice de confiança do empresário da indústria de novembro.

4. PEC da prisão em segunda instância na CCJ

A presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) informou que vai colocar para apreciação a PEC para restabelecer a prisão em segunda instância, em oposição à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que a considerou inconstitucional, entendimento que soltou o ex-presidente Lula.

Quinta-feira (21)

1. Membros do Fed falam

Pelas 10h30, Loretta Mester, a presidente do Fed de Cleveland, vai discursar; às 12h10, é a vez de Neel Kashkari, chefe do Fed de Minneapolis.

2. Convenção da Aliança pelo Brasil, novo partido de Bolsonaro

A primeira convenção do novo partido criado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, a sigla Aliança pelo Brasil, acontecerá às 10h em Brasília.

3. Previsões da OCDE

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE, que reúne as economias mais desenvolvidas do mundo) publica o relatório com suas projeções para a economia mundial.

4. Dados econômicos nos EUA

Os EUA vão divulgar os dados de vendas de imóveis existentes de outubro (às 12h), juntamente com os números das pedido iniciais e contínuos de seguros desemprego (às 10h30).

5. Preço dos follows-on da BR Properties e LOG-IN

Devem ser definidos os preços por ação das ofertas subsequentes de ações, os chamados follows-on, da BR Properties (BRPR3) e da LOG-IN (LOGN3) .

Sexta-feira (22)

1. Prévia da inflação de novembro

Pelas 9h, o IBGE divulgará o IPCA-15, a chamada prévia da inflação oficial, de novembro. Em outubro, o indicador variou 0,09%.

2. Índices PMI e PIB alemão

Será dia da divulgação dos PMIs ao redor do mundo, que retratam como estão os setores de serviços e da indústria. O da Alemanha sai às 5h30, da Zona do Euro (6h) e dos EUA (11h45). Os PMIs de outubro apontaram para alguma estabilização. Também será divulgado o dado definitivo do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas em um país) alemão do terceiro trimestre. Segundo os dados preliminares já divulgados pelo instituto de estatística alemão, o “motor” da economia europeia cresceu 0,1% de julho a setembro, escapando da recessão técnica. 

3. FGTS: nova fase de saques de até R$ 500

Começa nova etapa para os saques de até R$ 500 por conta do FGTS. Desta vez serão incluídos os os trabalhadores que não possuem conta na Caixa Econômica Federal e nasceram entre junho e julho.

Publicidade
Subscreva nossa Newsletter!
Cadastre seu e-mail para receber nossa Newsletter com dicas semanais.
Invalid email address

Mais Lidas