Economia Bárbara

Empresas e Negócios

Zôdio anuncia fim da megaloja; produtos têm até 80% de desconto

Fechamento da unidade do grupo da Leroy Merlin acontece dois anos após estrear no país

Redação

Publicado

em

No dia da inauguração da loja na Marginal Tietê marca possuía 220 mil seguidores nas redes sociais–Foto: Divulgação

A Zôdio, megaloja de bricolagem localizada na Marginal Tietê, em São Paulo, do grupo francês Adeo, dono da Leroy Merlin, confirmou que vai fechar as portas no dia 31 de dezembro.

A loja deixa de funcionar dois anos depois de estrear no país, em dezembro de 2017. A empresa não comenta os motivos do encerramento da operação.

A unidade (localizada na av. Presidente Castelo Branco, 6061, Barra Funda) tem saldos de até 80% de desconto para queima do estoque. Os produtos nas gôndolas serão repostos conforme o fluxo de compra.

A orientação do grupo francês é a de que se realoquem os cerca de 70 funcionários do ponto em outros postos de trabalho na companhia.

Quando foi lançada, a ideia vender utensílios e ensinar os brasileiros a fazerem suas próprias coisas, de artesanato a culinária, um modelo que deu certo na França. 

Nos dias de inauguração, os consumidores lotaram a loja e a marca somava quase 220 000 seguidores nas redes sociais no dia em que iniciou as vendas.

*Com agências

Publicidade
Subscreva nossa Newsletter!
Cadastre seu e-mail para receber nossa Newsletter com dicas semanais.
Invalid email address

Mais Lidas