Economia Bárbara

Empresas e Negócios

Consórcio da Petrobras com duas chinesas leva Búzios no megaleilão do pré-sal

Oferta foi a única para o maior bloco da licitação de petróleo da cessão onerosa, que acontece nesta quarta; estatal terá 90% do empresa vencedora

Bárbara Leite

Publicado

em

Megaleilão do pré-sal pode render R$106,5 bilhões aos cofres públicos- Foto: Reprodução

Um consórcio formado pela Petrobras (90%) e pelas chinesas CNODC Brasil (5%) e CNODC Petroleum ( 5%) arrematou o bloco de Búzios da Bacia de Santos no megaleilão da petróleo do pré-sal, que está decorrendo na manhã desta quarta (6) no Rio de Janeiro. A oferta foi a única válida e ofereceu o mínimo exigido, que era de 23,24% de lucro/ óleo. Esse lucro é o que “sobra” depois que a petroleira descontar o que será usado para pagar o custo de produção e os royalties – ou seja, o óleo que ela vai “lucrar”.

O consórcio pagará R$ 68,199 bilhões pelo direito de explorar petróleo na área. Nos leilões de pré-sal, o bônus de assinatura é fixo e a disputa se dá pela oferta de petróleo ao governo durante a vida útil dos contratos. A Petrobras, que já tem direito a produzir na área, tem 90% do consórcio. As duas chinesas dividem igualmente os 10% restantes. 

A área leiloada é a maior. Ainda há três blocos da Bacia de Santos em leilão nesta quarta-feira.

Publicidade
Subscreva nossa Newsletter!
Cadastre seu e-mail para receber nossa Newsletter com dicas semanais.
Invalid email address

Mais Lidas