Economia Bárbara

Empresas e Negócios

Água extraída do ar da Amazônia chega ao mercado; cada garrafa custará R$ 310

Ô Amazon Air Water vai ser vendida na Europa a partir de dezembro; meta é comercializar, em três anos, 6 milhões de unidades em 12 países

Bárbara Leite

Publicado

em

Empresa é a primeira a extrair água da umidade do ar da Amazônia; projeto foi idealizado em 2012–Foto: Reprodução

A Ô Amazon Air Water, vai lançar em dezembro, a primeira água para consumo feita a partir da umidade do ar da Amazônia, anunciou a empresa nesta sexta-feira (22).

A bebida, que passa por processos de condensação e filtragem até se tornar própria para o consumo humano, é produzida na cidade de Barcelos, que fica às margens do Rio Negro, e é envasada em garrafa da Owens Illinois (O-I), líder mundial na fabricação de embalagens de vidro.

Idealizada desde 2012, a Ô Amazon Air Water, mesmo nome da empresa, terá um primeiro lote de dez mil unidades totalmente produzidas no Brasil e, posteriormente, exportadas para a comuna de Le Havre, na França, onde será distribuída a diversos mercados ao redor do mundo por meio do comércio virtual. O foco nesses países será comercializar a água em hotéis e restaurantes de alto padrão, além de free-shops.

A meta da empresa é que, após o terceiro ano do lançamento, o volume comercializado chegue a seis milhões de unidades, atingindo 12 países, 20 cidades e 200 pontos de venda na Europa.

A decisão pelo continente europeu é estratégica, pois a região possui um mercado de águas “premium já amadurecido, diz a empresa, em nota.

Nova água tem em free-shops, restaurantes e hotéis de luxo seu público alvo–Foto: Divulgação

Embora não vá estar imediatamente disponível no Brasil, o cliente brasileiro poderá comprar o produto por meio do e-commerce da marca. O preço sugerido é de 67 euros (R$ 310) por garrafa.

A empresa quer transformar sua fábrica também em um polo cultural, com museu de história do município, escolas de esportes, música, artes e sustentabilidade para crianças, centro de ressocialização para idosos, entre outras atividades. Todas essas ações serão custeadas pela venda da Ô Amazon Air Water, que terá cerca de 1 euro ( R$ 4,62) por garrafa revertido a essa causa, o que deverá movimentar 6 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões) ao ano a partir de 2021, acrescenta em nota.

Publicidade
Subscreva nossa Newsletter!
Cadastre seu e-mail para receber nossa Newsletter com dicas semanais.
Invalid email address

Mais Lidas